Esta opção reiniciará o site do Sistema Conferp, restaurando todas as janelas fechadas no site.

Reiniciar o site do Sistema Conferp

CARTA ABERTA DO SISTEMA CONFERP EM DEFESA DAS RELAÇÕES PÚBLICAS

Relações Públicas é uma profissão que preza antes de tudo, pelo ser humano, pelo indivíduo, pela sociedade, na busca do estabelecimento de valores sociais. Seu foco é a estratégia do conhecimento, do compartilhamento franco e agregador para a construção, crescimento e estabilidade das relações. Do fazer crescer uma nação em busca da sua governança e sustentabilidade por meio da Comunicação.

A campanha Somos Todos Comunicação Corporativa desenvolvida pela Associação Brasileira das Agências de Comunicação (Abracom) incentiva o desenvolvimento da comunicação corporativa em sua feição multidisciplinar e alheia a qualquer nomenclatura de cargo, à formação acadêmica ou à sujeição de requisitos formais ou normativos. Cita inclusive ser contra qualquer regra restritiva e que a formação acadêmica não deve ser considerada no mercado da comunicação.

A gestão 2016/2019 do Sistema Conferp tem como missão coordenar, fiscalizar e disciplinar a profissão de Relações Públicas a fim de valorizá-la e garantir o exercício legal e ético em defesa da sociedade. Atento às suas funções institucionais, o Sistema Conferp manifesta posicionamento contrário à mensagem transmitida pela campanha conduzida pela Abracom por entender adversa ao ordenamento legal e atentatória às atividades privativas da profissão de Relações Públicas, devidamente regulamentada, nos termos da Lei nº 5.377/67 e Decreto nº 63.283/68, e cujo exercício pressupõe formação acadêmica própria e registro perante o Conselho Regional de Profissionais de Relações Públicas respectivo.

As profissões regulamentadas ocupam, segundo defende o Sistema Conferp, espaço privilegiado e primordial na defesa dos valores profissionais, fundado em princípios de conduta ética e da responsabilidade civil. Assim, inserido em um Estado Democrático de Direito, cabe ao Conferp defender o primado lei e repudiar todo e qualquer ato que incentive o seu descumprimento, não se podendo conceber o exercício irregular da profissão tal como propagado pela Abracom em seu manifesto.

No cenário atual do País se faz necessário e indispensável o trabalho conjunto entre as diferentes áreas da Comunicação Social, cada qual com as suas habilidades intrínsecas e funções específicas, e que juntas constituem a essência da Comunicação Integrada. No que tange às Relações Públicas são funções privativas do profissional estabelecer relacionamentos inter-institucionais e entre instituições e seus públicos, gerenciar crises e abastecer os meios de comunicação com informações fidedignas, completas e corretas. Tais funções, portanto, não podem ser apropriadas por quem pretenda desenvolver competências denominadas comunicação corporativa.

Assim, o fomento ao desenvolvimento da comunicação corporativa, a teor da campanha levada a efeito pela Abracom, deve dar-se segundo os estritos limites normativos em que inserida, observando e preservando o imperativo legal no tocante às profissões regulamentadas, tal como a de Relações Públicas, sob pena de converter-se em instrumento de insuflação da desordem e da ilegalidade com a qual o Sistema Conferp não compactua.

2 comentários

  1. Elian Cruz Santos comentou:

    Parabéns por brilhante iniciativa!
    Meu estado é Sergipe
    Preciso saber se eu posso fazer parte da CONFERP?
    Conclui o curso de Relações Publicas em 1977 pela Universidade Tiradentes mais infelizmente o curso foi instinto pq não deram valor à profissão e formandos foram migrando para outros cursos. Tentei erguer a bandeira varias vezes para não deixar acabar o curso e fortalecer a ideia de que uma empresa necessita do profissional.
    Eu ainda Exerço a profissão por ousadia, amo e defendo as ações.
    Pretendo criar um encontro aqui no Estado de Sergipe e registrar meu diploma em um conselho fora do meu estado pq numero meu diploma e registrado somente no Ministério do Trabalho.
    Em que vocês podem orientar?
    Saudações
    Elian Cruz
    Relações Publicas – DRT 368/18-SE

  2. Conferp comentou:

    Olá Elian,
    Tudo bem?
    Pedimos desculpas pela demora em dar um retorno (e que demora…). Estamos nos readequando, infelizmente estivemos sem um administrador para o site nos últimos meses.
    Toda ajuda é muito bem-vinda, envie um e-mail para rp@conferp.org.br e nos conte como você gostaria de ajudar a fortalecer a profissão, podemos marcar um bate-papo. Para integrar o Conselho de maneira formal é necessária a eleição, que ocorre a cada três anos.
    Abraços.

Deixe seu comentário